Baixe grátis - Podcast Os 5 grandes erros cometidos por confecções de roupas

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Estilo militar já é um clássico em NY


Podem chamar de guerreira urbana, militar chique ou até de "o fabuloso verde militar". No centro das atenções da moda para a próxima primavera e verão no hemisfério Norte, revelada esta semana em Nova York, estão as jaquetas militares, estampas camufladas, botões de latão e calças com bolsos laterais, tudo em tecidos mais suaves, de linho, renda e seda. A mistura da dureza e suavidade, do funcional e do feminino cai bem no gosto dos consumidores de moda, segundo especialistas.


"O militar tornou-se básico", disse o consultor de luxo Robert Burke. "As pessoas parecem se sentir um pouco mais protegidas nessas jaquetas militares, um pouco mais seguras."

"Não é moda de garota, não é um visual cheio de adornos", afirmou. "É um visual ligeiramente mais forte e simplesmente parece ser mais confortável para as pessoas neste momento."

Encabeçando os visuais com inspirações militares apresentados na Mercedes-Benz Fashion Week em Nova York estavam coleções como a Ruffian, que mostrou jaquetas tipo embaixador, com botões de latão e colarinhos levantados, jaquetas com quatro bolsos, saias de tela enrugada, saias enfeitadas com lantejoulas e vestidos em tecidos com estampas de camuflagem.

A coleção Ruffian foi inspirada em Susan Travers, a única mulher a servir oficialmente na Legião Estrangeira francesa, segundo os estilistas Brian Wolk e Claude Morais. "A vida inspirada de Travers, com elementos militares, de diplomacia, viagens exóticas e romance, foi uma fonte de inspiração perfeita para nossa coleção", afirmaram, ao descrever seus modelos.

A estilista americana Nicole Miller brincou com o visual militar ao colocar jaquetas do avesso, para que as linhas e as costuras ficassem expostas. A linha da Nicholas K exibiu chapéus com listas de couro, jaquetas militares, botas "vintage" e cintos de tecido com alças de metal. O estilista estilista Adam Lippes também mostrou calças de marinheiro de brim.

Os visuais militares há muito influenciam a moda - desde as capas de chuva, primeiramente feitas para os oficiais e as jaquetas do tipo Eisenhower até os óculos de aviadores primeiramente idealizados para os pilotos. Na leitura atual, a imagem áspera de alguns desses elementos é combinada com toques suaves.

No desfile da Rag & Bone, os vestidos ganharam fivelas pretas e as calças de combate foram feitas de seda, malha e tecido transparente. Derek Lam brincou com as capas de chuva, misturando sarja com linho. Alexander Wang mostrou capas de gaze, calças com seda de paraquedas e capas de chuva sem a parte de trás e com abas gigantes.

"Há uma tendência dessa mistura de elementos suaves e duros e de jogar com o masculino feminino", disse Claire Hamilton, analista de tendências de varejo da consultoria inglesa WGSN. Combinar as roupas e enfeites militares com detalhes femininos cria um visual eclético atraente, afirmou. "Isso se adapta ao consumidor de hoje, que quer comprar a sensação de um estilo pessoal", disse.

E o visual militar é infinitamente prático, destacam especialistas. "Do ponto de vista comercial, acho que o verdadeiro motor por trás da moda de inspiração militar é o componente de utilidade", afirmou Marc Beckham, da Designers Management Agency. As peças militares, destacou, tendem a ter montes de bolsos. "Vemos mais mulheres no mercado de trabalho e elas têm seus celulares, seus BlackBerrys e seus iPhones, além de suas chaves e todo o resto", disse.

As formas estruturadas e as cores neutras do estilo militar se encaixam em quase todos os tipos de corpos e compleições, observou Michelle Madhok, editora do guia de compras na internet Shefinds.com. E a maioria dos itens são clássicos, acrescentou. "Desde que não se passe do limite com a camuflagem e as dragonas [tiras de pano presas com botão em cima dos ombros, usadas em fardas] e botões de latão, você poderá vestir sua saia caqui durante diversas temporadas", afirmou.


Fonte:valoronline

Nenhum comentário:

Postar um comentário